NORMAS PARA SUBMISSÃO


DIRETRIZES PARA AUTORES - REVISTA ELITE

INTRODUÇÃO

A Revista ELITE - Educação, Linguagem e Tecnologias se propõe a se estabelecer como espaço para a produção do conhecimento. Os periódicos, geralmente, buscam reunir, principalmente nas produções escritas, a forma de fomentar a pesquisa e estabelecer o debate, incentivando à reflexão. Entretanto, entendemos que para além da produção escrita propostas dentro de um necessário rigor acadêmico (artigos, ensaios, resumos), outras produções advindas de outras linguagens didático-pedagógicas, também, podem promover à reflexão e contribuir de forma objetiva para essa mesma produção e difusão do conhecimento.

Defendemos, neste aspecto, o conceito de difusão de conhecimentos de Galeffi (2011) comprometido como um movimento de práxis, de busca e compromisso com o desenvolvimento humano, e se vincula à processos e procedimentos que visam divulgar, propagar, multiplicar o conhecimento para todos, possibilitando o desenvolvimento de grupos ou comunidade especificas de atividade humana no seu fazer, saber fazer, conhecer, ou saber conhecer. Prescinde então, de mecanismos e canais de espalhamento que considerem as diversas linguagens e culturas diferenciadas de cada sujeito, grupo ou comunidades epistêmicas. Valorizando e autorizando os conhecimentos em suas múltiplas possibilidades numa perspectiva aberta ao diálogo e interação entre os diferentes saberes, disciplinas e áreas do conhecimento.

A arte, nesse caso, é a linguagem universal que propõe a desconstrução e reconstrução da informação dada a partir da perspectiva das individualidades e da interpretação do real. Do mesmo modo, a Revista ELITE - Educação, Linguagem e Tecnologias inova nas suas propostas ao publicar outras produções, principalmente artísticas, produzindo conhecimento acadêmico e científico a partir da subjetividade da linguagem artística.

A Revista ELITE - Educação, Linguagens e Tecnologias acredita que existe uma demanda reprimida dessas outras produções acadêmicas, oriundas de linguagens diversas que se propõe, também, a promover reflexão, debate e formação do indivíduo. Portanto, esta revista põe-se como veículo fomentador e incentivador dessas produções por acreditar no poder da sensibilidade, na subjetividade, na interpretação presentes no conteúdo artístico e na sua capacidade de concatenar conceitos e de se estabelecer como fonte de conhecimento legítima.

A Revista ELITE aceita, para análise, pelo nosso Conselho Editorial, manuscritos originais, nas seguintes modalidades: Artigo, Ensaios Acadêmicos, Resumos Expandidos de Monografias, Teses, Dissertações e Produções Didáticos Pedagógicos.

OBSERVAÇÃO

A Revista Elite publica apenas trabalhos inéditos, originais, não devendo o trabalho ser submetido simultaneamente para avaliação a outro periódico. Os autores deverão assinar um Termo de Responsabilidade, aceitando as condições no ato da submissão. Caso seja identificado simultaneidade de publicação, ou de submissão em outro periódico, o trabalho será desconsiderado.

A Revista emprega a norma ABNT NBR 6023/2018 - Referências e NBR 10520/2002 - Citação em documentos, com sistema autor-data.

DIRETRIZES GERAIS

· DA SUBMISSÃO

  • Os trabalhos devem ser originais e inéditos.
  • Os trabalhos deverão passar por rigorosa revisão de linguagem, sendo necessário estar em acordo com a Normas Gramaticais Brasileiras - NGB vigentes, se escrito em Língua Portuguesa. A Revista Elite não faz revisão de linguagem e nem de conteúdo. Essas atribuições são de restrita responsabilidade dos autores.
  • Os trabalhos deverão ser apresentados em duas versões: uma identificada e outra não identificada. Na versão não identificada deverá ser retirada do texto elementos que possam identificar a autoria.
  • Nas referências, ao final do trabalho, devem estar de acordos as Normas da ABNT NBR 6023/2018.

e) O trabalho deve acompanhar o design e normas expressas nos templates, disponibilizados na página da Revista Elite pela equipe de edição.

  • As notas de rodapé devem ser enumeradas, vir na última página do texto antes das referências (conforme indicado nos templates); assim como os agradecimentos, apêndices e informes complementares.
  • Cada trabalho deverá ter, no máximo, quatro autores (as); exceto para resumos expandidos que somente devem constar os nomes do autor, orientador e/ou coorientador (se for o caso).
  • Pesquisa em andamento, concluídas, resumos de monografias, teses, dissertações e produções didático pedagógicos devem seguir modelo próprio, demonstrado no template específico (em anexo a este documento) os quais detalham especificidades de cada categoria do texto a ser submetido: Artigo, Ensaios, Resumos Expandidos ou outras produções didático pedagógicas.
  • Fontes de Financiamento: Os autores (as) podem, se desejarem, declarar todas as fontes de financiamento ou suporte, institucional público ou privado, para a realização do projeto ou atividade.
  • Agradecimentos: Poderão mencionar ao final da escrita e antes das referências os agradecimentos acerca da realização da atividade, sejam instituições e/ou pessoas que colaboraram para sua realização, mas que não preencheram os critérios para serem coautores.
  • Envio dos manuscritos: Os artigos devem ser enviados para e mail da revista Elite: revistaelite02@gmail.com.
  • O arquivo deve ser enviado em formato DOC (Microsoft Word).

· DA AUTORIA

  • Os textos não devem exceder a quatro autores.
  • Identificação de autoria e co-autoria. A titulação mínima para o primeiro autor é o de mestrado. Mestrandos podem enviar artigos em coautoria com seus orientadores.
  • Na modalidade Ensaio acadêmico a Revista Elite aceita como autor, discente de graduação, desde que, acompanhado do respectivo orientador na categoria de co-autor.

3 DADOS OBRIGATÓRIOS A SER ENVIADOS EM FORMULÁRIO PRÓPRIO

No formulário de submissão (Disponível na página da REVISTA ELITE), devem ser incluídos, obrigatoriamente:

a) título do artigo; opção pela seção temática, estudos ou documentos;

b) nomes de todos os autores conforme disponível na Plataforma Lattes;

c) endereço institucional do autor de correspondência;

d) telefones dos autores;

e) e-mail de todos os autores;

f) titulação principal;

g) instituição a que pertence(m)

h) cargo que ocupa(m);

i) grupo de pesquisa.

4 DAS MODALIDADES DE SUBMISSÃO

a) ARTIGO CIENTÍFICO

Consideramos artigo científico a produção acadêmica resultante de: estudos, ações de extensão e pesquisas abordando temáticas novas ou já estabelecidas na academia, que evidenciem elaboração teórica e rigor conceitual na análise. Fruto de estudos teóricos ou resultados de atividades de pesquisa e extensão de docentes e pesquisadores; alunos e ex-alunos da graduação. O artigo científico deverá ser produzido tendo como diretrizes as seguintes perspectivas:

- Apresentação e discussão das linhas e projetos de pesquisa, especialmente dos referenciais teórico-metodológicos.

- Apresentação e discussão dos resultados de pesquisa, em desenvolvimento ou concluídas.

- Apresentação e discussão das experiências e dos resultados das atividades de ensino e extensão desenvolvidas em seus aspectos teórico-metodológicos.

Serão considerados artigos científicos, apenas trabalhos completos. Derivados de pesquisas, contendo: resumo (com até 300 palavras, espaço simples, fonte 11, justificado, com 3 a 5 palavras-chave, após o resumo), introdução, informando: a problemática, justificativa, objetivos, referencial teórico, metodologia, constatações, corpo do texto: estruturado em seções (de acordo com o projeto de escrita do autor), contemplando: referencial teórico, aspectos da metodologia, análise, discussão dos dados e conclusão, apresentando as principais considerações a que o estudo chegou e as referências, sem ilustrações ou figuras, gráficas e tabelas.

Deverá conter, no mínimo 15 e no máximo 25 páginas sem as referências, em documento Word, espaço entrelinhas 1,5, justificado, fonte Arial, tamanho 12, em estilo normal, tamanho do papel A4, e configuradas de modo a apresentar 3 cm de margem superior e esquerda e 2 cm nas margens direita e inferior do documento.

b) ENSAIOS ACADÊMICOS

O ensaio acadêmico se constituiu em uma modalidade de gênero textual de abordagem crítica sobre certo debate ou questão de ordem científica. É, pois uma produção textual no campo discursivo, sendo, também, argumentativo, pois revela o posicionamento e as ponderações reflexivo-críticas do autor a respeito de um tema proposto.

Neste sentido, o escritor faz o 'ensaio' de modo a materializar o discurso sobre um tema, revelando o modo de pensar do autor, suas ideias, suas impressões, embasado num corpo teórico para sustentação argumentativa.

Isto posto, precisa-se ter claro que a ensaística é uma atividade científica, que exige do produtor do "ensaio" argumentos coerentes, consistentes, uma vez que, no campo da ensaística, estabelece-se fundamentos científicos do discurso. O que nos remete a necessidade de fundamentação prévia sobre o tema a partir do qual se tece o ensaio.

Logo, torna-se evidente e incontornável a necessidade de empreender esforços no campo da pesquisa, a sistematização e desenho do ensaio. A produção escrita, cuja versão final, será submetida, deve ter atenção a política e ao escopo, tendo cuidado com valores éticos, à normalização (Normas da ABNT) e a formatação a qual diz respeito ao formato científico, expresso pela Revista Elite.

Para efeito de submissão, a Revista Elite considerará duas modalidades de ensaios:

· Ensaios provenientes de um exercício reflexivo a partir de estudo bibliográfico, em que o(s) autor (es) apresentam reflexões e fundamentos de conceitos inerentes à linguagens, tecnologias e educação.

· Ensaios provenientes de um exercício experiencial, congregando relato de experiência vivida no escopo pedagógico.

Muito embora a ensaística não busque hermetizar o processo e o produto num pacote fechado, guia padrão para produzir o ensaio, propomos aos nossos colaboradores algumas sugestões para apresentação do texto do gênero ensaio.

Em um ensaio acadêmico, uma ideia principal precisa ser refletida, debatida, argumentada pelo autor ou autores e, portanto, é preciso expressar claramente qual é essa tese. O leitor que acessa um ensaio acadêmico, tem como expectativa encontrar fundamentos coerentes no processo de argumentação tecido quando da abordagem do tema tratado no texto.

Para apresentação do ensaio acadêmico recomendamos que os autores sigam a estrutura lógica do texto científico:

1 Título, seguido dos autores.

2 Resumo - escrito de forma breve, contendo o problema a debater, a linha teórica adotada, justificativa e objetivos do ensaio.

3 Introdução - destacar a tese a ser defendida (isto é, a ideia relacionada ao tema a ser tratado), evidenciando a linha teórica e o processo de argumentação a ser adotada, além de apontar como o texto está organizado (em seções a critério do autor).

4 Corpo do ensaio - a critério do autor sendo recomendado que estruture em seções. A Revista ELITE sugere que, para efeito didático, o ensaio apresente seções estruturadas como o modelo.

4. 1 Diálogos teóricos.

4.2 Diálogos metodológicos.

4.3 Diálogos teórico-metodológicos.

4.4 Relato da experiência.

5 Considerações finais - recomendamos que o autor aponte as constatações a que chegou (lembrando que, para fazer um ensaio, necessário se faz dialogar com autores a partir da pesquisa bibliográfica) sendo, também, interessante fazer uma proposição final.

6 Referencias usadas - elencar, ao final do texto, o referencial teórico utilizado.

Por fim, recomendamos que o ensaio tenha no mínimo 8 e no máximo 10 páginas.

c) RESUMOS EXPANDIDOS DE TESES, DISSERTAÇOES E MONOGRAFIAS

Resumo expandido de teses, dissertações e monografias - deverá ter entre 4 a 8 páginas, incluindo anexos e referências. Ilustrações se forem essencialmente necessárias, para o entendimento do trabalho.

Recomendamos seguir essencialmente a estrutura detalhada no template específico para essa modalidade, o qual se encontra em anexo.

Destacamos que, em seu conteúdo, temática, esteja ligado ao conteúdo programático, proposto pela Revista ELITE - Educação, Linguagem e Tecnologias, bem como pelo Grupo de Estudos em Educação, Tecnologias e Libras (GETEL).

d) OUTRAS PRODUÇÕES DIDÁTICO-PEDAGÓGICAS

São consideradas como 'outras' produções didático-pedagógicas:

  • A produção de filmes (curtas e longas).
  • A produção de documentários.
  • A produção de entrevistas.
  • A produção de animações (em todos os tipos).
  • A produção de áudios (curtos e longos).
  • A produção de músicas.
  • A produção de poesias, poemas, cordéis, etc.
  • A produção de outras atividades artísticas (fotografias, pinturas, desenhos, etc.).

Normas para publicação de outras produções didático-pedagógicas

O autor que desejar submeter produtos, objetos de aprendizagem etc., nesta categoria, deverá submeter o texto (de acordo com o modelo -TEMPLATE-outras produções didático pedagógicas) mais produto (imagem, som, link e vídeos etc.).

O texto, essencial a submissão nesta categoria, conforme TEMPLATE poderá ter até 06 laudas.

O (s) autor (s) deve seguir a estrutura detalhada no template para essa modalidade, em anexo a este documento.

OUTRAS RECOMENDAÇÕES:

  • Para a produção de áudio - vídeo, que contenham imagens ou áudio do autor e de demais participantes, será necessária a entrega de Termos de Responsabilidade devidamente assinados e identificados com o registro geral (RG) e cadastro de pessoa física (CPF), por todos que assumam como responsáveis e participantes da filmagem e gravação.
  • As produções de vídeos são consideradas como 'curtas' as que possuem o tempo total de 30 minutos.
  • As produções vídeos são consideradas como 'longas' as que possuem o tempo a partir de 31 minutos.
  • As produções em áudio serão consideradas como 'curtos' as que possuem o tempo total de 10 minutos.
  • As produções em áudio serão consideradas como 'longos' as que possuem o tempo a partir de 11 minutos.
  • As produções em áudio (curtas ou longas) deverão ser gravadas no formato MP3.
  • As produções de vídeos (curtas ou longas) deverão ser gravadas no formato AVI.
  • As produções de imagens em geral devem ser publicadas no formato JPEG (JPG) - o tamanho será adaptado pelo conselho editorial de acordo com sua diagramação.
  • Todas as produções (áudio, vídeo ou imagens) deverão estar acompanhadas de sinopse completa e de um resumo de até 05 linhas, explicando sobre o conteúdo dessa mesma produção.
  • A produção de músicas deve ser em vídeo (e acompanhada da letra).
  • Poesias, poemas e cordéis devem ter o limite máximo de 2 laudas.
  • Entrevistas, produzidas em texto, devem ter no máximo 5 laudas.

NOTA IMPORTANTE

O conteúdo expresso em todos os materiais enviados ao conselho da Revista Elite são de inteira responsabilidade de seus autores e devem respeitar a imagem dos envolvidos, não vindo a ferir a dignidade e os direitos de outrem, cabendo ao Conselho Editorial da Revista ELITE - Educação, Linguagem e Tecnologias fazer a devida avaliação desse mesmo produto e decidir por sua publicação.

A partir do envio do material e de sua aprovação pelo seu conselho editorial cede-se o direito, a permissão do autor, de forma automática, à Revista ELITE - Educação, Linguagem e Tecnologias e ao Grupo de Estudos em Educação, Tecnologias e Libras (GETEL) para sua publicação.

5 ORIENTAÇÕES GERAIS PARA AUTORES

Organizamos, a seguir, um conjunto de orientações para os autores, para nortear a edição e normalização das produções a serem enviadas ao comitê editorial da Revista Elite.

1 TÍTULO - O título deverá ser centralizado, espaço simples, maiúsculo, negrito, e traduzido para o inglês e o espanhol. Após o título, SALTAR duas linhas, colocar alinhado à direita: o nome do(s) autor(es), titulação, filiação institucional, vinculação ao grupo de pesquisa que o autor faz parte e o e-mail do autor.

2 RESUMO - ABSTRACT - RESUMEN - O resumo deve atender à NBR 6028 (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2012). Ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do documento; ser composto de uma sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos. Em parágrafo único, espaço simples. A primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento. A seguir, indicar a informação sobre a categoria do tratamento (memória, estudo de caso, análise da situação etc.).

Devem-se:

a) evitar - símbolos e contrações que não sejam de uso corrente.

b) evitar - fórmulas, equações, diagramas etc., que não sejam absolutamente necessários. Quando seu emprego for imprescindível, defini-los na primeira vez que aparecerem. Quanto a sua extensão o resumo deve ter: de 100 até 300 palavras.

c) palavras-chave - deve ter - total de cinco (tradução para o inglês [Key-words] e espanhol [Palabras clave]), figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto.

d) resumo em língua estrangeira (em inglês ABSTRACT, em espanhol RESUMEN) deve ter as mesmas características do resumo em língua vernácula.

3 TEXTO - Os textos, versados em língua portuguesa ou espanhol, contendo as páginas acima, de acordo a modalidade de submissão, devem ser elaborados de acordo com os seguintes critérios:

a) Espacejamento: o texto deve ser digitado em espaço simples.

b) Os títulos das seções devem ser separados do texto que os sucede por dois espaços simples e, da mesma forma, os títulos das subseções.

c) As citações com mais de três linhas e as epígrafes devem ser separados do texto que os precede, ou que os sucede, por dois espaços simples.

d) As referências, ao final do trabalho, devem ser separadas entre si por um espaço simples.

e) A formatação do texto - A4 (21 cm x 29,7 cm). Fonte: ARIAL; Tamanho da fonte: 12 (texto e título); 11 (epígrafe e citação) Abertura dos parágrafos do texto: recuo especial: 1,25; recuo à esquerda para epígrafe: 7,5 cm; especial: nenhum; Recuo à esquerda para citação: 4,0 cm; especial: nenhum; alinhamento: justificado; margens esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm. Usar numeração consecutiva, progressiva, dentro do texto; parágrafo com espaçamento de 1,5; justificado.

f) Numeração das seções - a divisão das seções do texto do documento deve ser segundo a NBR 6024 (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2012). Os títulos das partes (seções) em que se divide o trabalho devem ser precedidos de um indicativo numérico segundo o sistema de numeração progressiva, sempre alinhada à esquerda, e começar sempre por um número inteiro (ex.: 1).

IMPORTANTE

a) nas seções - devem-se utilizar números arábicos para enumeração das seções e subseções, bem como o ponto para divisão e consequente subordinação das seções (ex. 1.1).

b) o indicativo de seção precede o título, dele separado por um espaço de um caractere.

c) não deve ser utilizado qualquer sinal (hífen, travessão ou ponto) entre o indicativo numérico da seção e o seu título.

d) não use ponto final em títulos e subtítulos.

e) a apresentação das seções e subseções (títulos e subtítulos) deve ser diferenciada tipograficamente utilizando recurso como negrito.

f) recomenda-se que os títulos das seções primárias sejam em maiúsculas. Cada nível de seção deve seguir sua própria padronização.

g) citações - as citações devem atender a NBR 10.520 (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 2002).

h) ABNT NBR 6024-2012, fonte PRIMÁRIA em negrito, fonte SECUNDÁRIA em caixa alta normal, fonte TERCIÁRIA em negrito, fonte QUATERNÁRIA Itálico, fonte QUINÁRIA Normal.

i) notas de rodapé e expressões latinas - notas de rodapé, de caráter explicativo, deverão ser evitadas e utilizadas apenas quando estritamente necessárias para a compreensão do texto. Observar modelos (onde deverá inserir notas de rodapé. Consulte os Templates anexados a este documento.

j) Ilustrações - desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros, devem ser feitas segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT, 2011). Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), em fonte 11, seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver). A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.

l) referências - as referências ao final do artigo devem obedecer às normas da ABNT e os nomes dos autores das obras citadas devem ser apresentados por extenso (sem abreviações).

m) o texto deve ser inserido no Template, seguindo formatação e normas estabelecidas pela Revista Elite, em caráter obrigatório.

6 DA AVALIAÇÃO

· uma vez submetido o manuscrito à Revista ELITE, inicialmente, ele é avaliado pelos editores-chefes quanto à adequação às modalidades de publicação da revista.

· estando de acordo com as modalidades, o manuscrito é avaliado pelo setor de formatação da Revista ELITE. Para não haver atrasos na tramitação do trabalho, sugerimos a leitura atenta e a rigorosa observação das instruções quanto à submissão dos manuscritos.

· em seguida, o manuscrito é submetido à avaliação de mérito. Cada manuscrito é avaliado por, no mínimo, dois (duas) pareceristas, em um processo sem identificação de pareceristas.

· os pareceres emitidos pelos (as) avaliadores são compatibilizados pelo corpo editorial da Revista e o resultado da avaliação (aceito sem modificações, aceito com sugestões de modificações, rejeitado com sugestões de ressubmissão ou rejeitado) é enviado aos (às) autores (as).

· aceito o manuscrito, ele é encaminhado aos autores para revisão linguística e formatação.

· os (as) autores (as) deverão assinar a declaração de direitos autorais como parte do processo de submissão.

7 DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

· autores concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Attribution License que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

· autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

· a Revista Elite reserva-se o direito de efetuar alterações nos originais de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores.

· As opiniões emitidas pelos autores são de sua exclusiva responsabilidade.

8 POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Os nomes, endereços e dados adicionais informados pelos autores e avaliadores serão usados, exclusivamente, para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

O conteúdo dos artigos publicados é de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es), observando a Lei de Direito Autoral n 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Portanto, cabe ao periódico apenas a responsabilidade da avaliação dos artigos, no contexto de uma publicação de caráter científico.

9 PROCEDIMENTOS ÉTICOS

Os artigos científicos encaminhados ao Conselho Editorial da Revista Elite devem conter em rodapé na primeira página informações sobre a observação de procedimentos éticos durante a realização da pesquisa que deu origem ao texto apresentado.

10 DO ENVIO DAS PRODUÇÕES

Todas as produções devem ser enviadas exclusivamente para o e-mail:

revistaelite02@gmail.com



revistaelite02@gmail.com

Acesse aqui todos os TEMPLATES e Documentos para submissão!